Cuidados com a Fruta Pão

A fruta pão no Brasil

 

fruta pão

A fruta pão é uma planta de origem asiática e chegou ao Brasil por volta do ano de 1800. Quando bem adulta a árvore pode chegar a 20 metros de altura.

Devido ao formato característico de suas folhas a planta é muito usada para fins ornamentais, além de produzir belos e grandes frutos, de até 3 quilos.

Os frutos da fruta-pão possuem enorme valor nutricional, sendo a base da alimentação de inúmeros povos polinésios. Amadurecem no verão e possuem a polpa de cor creme, muito doce e aromática.

Gravei o vídeo abaixo para responder uma dúvida sobre o cultivo da fruta-pão.

A fruta-pão é com semente ou sem semente?

Existem frutos que são sem sementes e com sementes (mais tradicional). A diferença entre a fruta-pão feita de raiz para a propagada por semente se dá principalmente pelo formato de suas folhas.

Enquanto a planta feita de semente possui folhas mais largas, a planta clonada de raiz possui as folhas um pouco mais alongadas, com as cavidades mais próximas ao centro da folha.

Além disso, a planta propagada por semente dá frutos com sementes, enquanto a feita de raiz dá frutos sem sementes.

Qual a melhor fruta-pão para fazer receitas?

A fruta com sementes é consumida somente as sementes enquanto a fruta sem sementes se consome toda a sua polpa.

Fruta-Pão-Gigante, a variedade africana:

fruta pão africana elton
Helton Josué, do Projeto Colecionando Frutas

A fruta-pão-africana, de nome científico Treculia africana, é com certeza uma das maiores frutas do mundo.

Seus frutos podem chegar a pesar assustadores 30 quilos!

É originária da África Central e Ocidental e sua árvore chega a atingir até 30 metros de altura, com o diâmetro do caule com aproximadamente 6 metros.

 

E aí, você já conhecia a fruta-pão?

Deixe seu comentário dizendo o que achou do artigo e se faltou alguma informação.

4 Comentários


  1. Adoro fruta-pão…se come com tudo .Fui criada comendo -a. Na Bahia é comum más em São Paulo, nunca a-vi. Uma vez achei entre Ubatuba e Parati.
    * Adorei as informaçoes!

    Responder

    1. Eunice, muito grato pelo seu comentário. Realmente em SP é uma fruta muito pouco conhecida. Um abraço!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *