Principais tipos de jabuticaba e suas diferenças

Você gosta de jabuticaba?

Acredito que sim.

Pelo menos entre as pessoas que conheço não lembro de ninguém que tenha me falado “odeio jabuticaba” ou “credo, jabuticaba”.

É quase inanimidade a popularidade da pretinha mais brasileira do Brasil.

Existem dezenas de variedades de jabuticaba conhecidas e catalogadas atualmente mas, neste artigo, trago os tipos de jabuticaba que considero como sendo os mais conhecidas dos brasileiros: a Jabuticaba Sabará, a Olho de Boi e a Híbrida.

Jabuticaba Sabará

A Jabuticaba Sabará é a mais conhecida de todos os brasileiros. A mais tradicional. É aquela famosa fruta de cor bem preta, pequenina, muito doce e suculenta. Esteve presente em muitos quintais brasileiros por muitas décadas.

jabuticaba-sabara

Jabuticaba Olho de Boi

Gravei um vídeo onde conseguimos mostrar a maturação da olho de boi, das flores até os frutos alguns dias depois.

A Jabuticaba Olho de Boi é a maior de todas as jabuticabas porém não é tão doce quanto a Sabará, sendo o auge de sua doçura o seu estágio bem maduro, já ficando mole.

É originária principalmente dos Estados de Minas Gerais e Sao Paulo, onde são ainda muito cultivadas nos pomares domésticos.

Além de ser o fruto de maior dimensão também é o que apresenta o melhor rendimento de polpa.

Jabuticaba Híbrida

Jabuticaba Híbrida é a que mais vem sendo disseminada nos pomares domésticos devido à sua precocidade na produção.

Jabuticaba Hibrida

Além disso a variedade produz várias vezes ao ano, sendo, desta forma, a melhor opção para o plantio em vasos.

Existem outros tipos de jabuticaba?

Como já dito no início deste artigo existem dezenas mas para que o conteúdo não fique muito extenso vou listar os mais citados na literatura:

Jabuticaba Pauslista ou Pohema (Plinia cauliflora)

Cultivada desde o período colonial, principalmente na região Sudeste.

Jabuticaba de Cabinho (Plinia trunciflora)

Nativa desde Minas Gerais até o Rio Grande do Sul, principalmente na Mata Atlântica e Mata dos Pinhais. Frutos negros, lisos e brilhantes, com polpa doce e sabor característicos das jabuticabas.

O nome popular se dá pelo fato de seus ramos serem um pouco pendentes na forma de “cabinho”.

Jabuticaba Anã do Cerrado (Plinia nana)

Jabuticaba Anã - Plinia nana

Originária do cerrado da região central de Minas Gerais e raramente cultiva e conhecida somente por colecionadores.

Pode ser muito bem cultivada como planta de bonsai pelos seus belos frutos de coloração vermelho-arroxeado.

Jabuticaba Veludo ou Jabuticaba Peluda Capixaba

Originário do Espírito Santo e também da Zona da Mata mineira, é cultivada normalmente por colecionadores de frutas por todo o país.

Os frutos são ovalados e pontiagudos de casca bem firma e aveludada, de cor arroxeada.

A combinação casca resistente e aveludada com o perfeito balanço ácido-doce no sabor da polpa, confere à espécie lugar de destaque entre as melhores jabuticabas. (Harri Lorenzi, Marco Túlio Cortêz de Lacerda, Luis Benedito Bacher)

Existe uma infinidade de jabuticabas e poderia escrever por dias e ainda não chegaria ao fim, mas conforme eu tiver acesso a novas variedades vou documentando em nossas redes sociais.

Você já conhecia estas variedades? Faltou alguma que você conhece?

Deixe seu comentário abaixo me contando o que achou 😉

4 Comentários


    1. Faltou mesmo, Giuliano! Vamos sempre atualizando os nossos posts. Fique atento que logo menos teremos novidades por aqui 🙂

      Responder

  1. Genial justo esto es lo que me faltaba para terminar mi trabajo, al fiiiiin T.T GRACIAS!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *